jueves, 30 de octubre de 2014

1994 - MÃE MENININHA do GANTOIS - 100 años




10 de febrero de 1994

Salvador, Bahia

  Mãe Menininha do Gantois

100 anos



São Paulo, quinta-feira, 3 de fevereiro de 1994.

Caetano canta em festa de Mãe Menininha

LUIZ FRANCISCO
DA AGÊNCIA FOLHA, EM SALVADOR


O cantor e compositor Caetano Veloso vai interpretar "Oração ao Tempo" durante a festa de comemoração do centenário de nascimento da mais famosa ialorixá do Brasil, Mãe Menininha do Gantois (Maria Escolástica da Conceição Nazaré). As solenidades começam hoje, mas a presença de Caetano está prevista para o próximo dia 10, data do nascimento da mãe-de-santo.

Pela programação dos organizadores, também no dia 10, Maria Bethânia e Gal Costa vão cantar "Oração à Mãe Menininha", de Caymmi. Gilberto Gil ainda não definiu a música que vai interpretar. Depois das apresentações individuais, um coral formado por estes cantores e outras pessoas ligadas ao terreiro do Gantois vão interpretar "Arara Mi A", música composta por Mãe Menininha para saudar os participantes da Conferência Internacional da Tradição e Orixás, realizada em Salvador há dez anos. Daniela Mercury foi convidada e deve participar.

A Empresa de Correios e Telégrafos e a Casa da Moeda do Brasil também decidiram participar das comemorações do centenário de Mãe Menininha do Gantois, lançando, respectivamente, uma selo e uma medalha. Criado pelo artista gráfico Márcio Rocha, da ECT, o selo é um simbolismo da imagem de Mãe Menininha com o orixá Oxum. A medalha apresenta, de um lado, o retrato da mãe-de-santo vestida e adornada como filha de Oxum e, no verso, um conjunto com aspectos da religião afro-brasileira contendo elementos do candomblé.

A sucessora de Mãe Menininha, Cleuza do Gantois, disse que a festa é um acontecimento "social". A semana de festa incluiu a inauguração de uma praça, exposição reunindo 64 esculturas diferentes e seminário sobre a religião afro.
Mãe Menininha nasceu em Salvador e aos 28 anos assumiu o comando do terreiro do Gantois. Sua família era toda de "santo", com raízes em Abeukutá, Nigéria. Mãe Menininha morreu em Salvador no dia 13 de agosto de 1986.










São Paulo, quinta-feira, 10 de fevereiro de 1994.

Doces Bárbaros cantam hoje na Bahia


LUIZ FRANCISCO
DA AGÊNCIA FOLHA, EM SALVADOR


Depois de uma semana de festa, termina hoje à noite a comemoração do centenário de nascimento de Mãe Menininha do Gantois, a mais famosa ialorixá do Brasil. A partir das 21h, um coral formado, entre outros, por Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa, Gilberto Gil e Daniela Mercury se apresenta no terreiro do Gantois, em Salvador (BA).

O maestro Keiller Rego disse que muitas músicas a serem apresentadas pelo coral "nasceram nos terreiros de candomblé". De acordo com o maestro, dentro de quatro meses as músicas já catalogadas devem fazer parte de um disco que o governo estadual pretende editar.

Para chegar ao repertório do coral, o maestro teve vários encontros com Mãe Cleuza Millet, filha e sucessora de Menininha do Gantois. As músicas eram registradas em fitas e depois o maestro fazia as partituras. "Além disso, assisti muitos cultos no Gantois para captar músicas que eram restritas ao terreiro."
A apresentação do coral hoje à noite será acompanhada por flauta, violino, viola, violoncelo, fagote e contrabaixo. Além de participar do coral, Caetano Veloso vai interpretar "Oração ao Tempo", Gal Costa e Maria Bethânia cantam "Oração a Mãe Menininha", de Dorival Caymmi, e Gilberto Gil ainda não definiu a música que vai interpretar.
 

Debates
A festa em homenagem ao centenário de Mãe Menininha começou na última quinta-feira, com a inauguração de uma praça no Terreiro do Gantois. O governador da Bahia, Antonio Carlos Magalhães, a prefeita de Salvador, Lídice da Mata, e o escritor Jorge Amado, entre outros, compareceram ao terreiro para homenagear a mãe-de-santo.


Durante a semana, os organizadores da festa realizaram debates, exposições e palestras sobre o candomblé. Selos e cartões postais também foram lançados durante as festas de comemoração do centenário de Mãe Menininha. A ialorixá morreu em Salvador no dia 13 de agosto de 1986.





 



 







- - - - - - - -


10 de febrero de 1984

Salvador, Bahia

  Mãe Menininha do Gantois

90 anos














 

 












10/2/1982 - Foto: Raimundo Silva -Agência O Globo












miércoles, 29 de octubre de 2014

1986 - BLOCO DO POVO




Letra y música: Moraes Moreira

Salve, salve, salve a Praça Castro Alves
salve a liberdade o que há de novo
arrebenta a corda que o Bloco do Povo
transborda energia por toda a cidade


Ave, ave, ave pela avenida
vida, vida, vida descendo a ladeira
pela beira-mar e nessa brincadeira
sob a luz intensa do sol das manhãs
do Farol da Barra ao de Itapuã


A festa é geral um só carnaval
onde você for eu vou
na cidade alta, na cidade baixa
baixa, baixa santo salvador


A festa é geral um só carnaval
onde você for eu vou
na cidade alta, na cidade baixa
baixa, baixa santo salvador


Ou, ou, ou, baixa santo salvador
Ou, ou, ou, baixa santo salvador




 
 
 
1986 - MORAES MOREIRA
Participación Especial: CAETANO VELOSO 
6299 1426 / 3:31
Álbum “Mestiço é isso” [Moraes Moreira]
CBS LP 138.294, B-1. 
 


 


 

1986 - MORAES MOREIRA
Participación Especial: CAETANO VELOSO 
6299 1426 / 3:31
Álbum “Salvador é um porto seguro” / “Bloco do povo”
CBS S 12” n° 51.141, B. [Promocional]